top of page

O que NÃO te contam sobre EMPREENDER com Polymer Clay?

  • Número 1



Fazer artesanato, vender umas pecinhas para a família, amigas e na feirinha da cidade:

É IGUAL A : se divertir, matar o tempo, uma forma de terapia, ter o seu momento, sentir emoção de ver uma peça nascer em suas mãos ... ... ...

Fazer artesanato, postar nas redes sociais, abrir uma loja virtual e vender umas pecinhas por mês... é a mesma coisa de cima .



Tem que abrir empresa? Ser MEI então? É sobre isso?

NÃO!

É sobre ter uma mente de PROSPERIDADE, TER VONTADE DE CRESCER, DE REALMENTE GANHAR DINHEIRO, TER LIBERDADE FINANCEIRA, FAZER DO PRODUTO QUE VOCÊ VENDE, UMA FONTE DE RENDA.

E NÃO, você não precisa começar com uma empresa aberta etc ... só precisa PENSAR E AGIR COMO UMA EMPREENDEDORA.




Também poderia ser, roupas, batata, pipoca, agenda, pano de chão etc ... ...

NÃO É O PRODUTO QUE IMPORTA! NÃO É O PRODUTO QUE FAZ SUCESSO!

Tem gente que ganha muito dinheiro com vários tipos de produtos! E simmmm, desde pipoca a panos de chão!

Todos os dias, vemos pessoas mudando suas vidas, ajudando a família, a comunidade, a quem necessita, fazendo viagens dos sonhos, conseguindo comprar tudo aquilo que sempre quis...

Vemos várias mulheres mudando TOTALMENTE a VIDA, contanto suas histórias de como começaram, ( eu choroooo assistindo essas coisas ), fico realmente muito emocionada.

ENTÃO QUAL A QUESTÃO AÍ? O QUE IMPORTA?:




SE VOCÊ NÃO SOUBER VENDER, COMO VENDER, PRA QUEM VENDER, ONDE VENDER, TÉCNICAS PARA VENDER, COMO APRESENTAR SE PRODUTO, E MUITO, MUITOOOOO MAIS ... você pode ter o melhor produto nas mãos ... e não vai sair de artesã para uma EMPREENDEDORA DE SUCESSO!


  • A verdade, é que fazer o que todo mundo faz, é fácil.

  • Ficar olhando vídeos da internet e tentar adivinhar o que estão fazendo, é fácil.

  • Gastar tempo e dinheiro, nos erros e acertos até sair algo "bom", é fácil.

  • Tentar copiar modelos de outras pessoas, tirar foto e postar, é fácil.

  • Pegar dicas aqui e ali, colocar tudo no liquidificador e ver se sai uma "coisa", é fácil.


Se especializar naquilo que decidiu fazer, seguir uma metodologia, estudar, se motivar, se redescobrir, criar um estilo próprio, colocar em prática o que aprendeu, aprender a espantar pensamentos e atitudes negativas, se valorizar, enfrentar os próprios medos, parar de se vitimizar e procrastinar, criar um produto diferenciado, estudar, ler, estudar, estudar e estudar ...

É BEM MAIS DIFÍCIL.




A diferença entre um e outro, bem como a escolha do caminho a ser trilhado, mostra o resultado de quem desiste e de quem cresce, realizando os sonhos, e faz de um pequeno negócio, uma marca forte no mercado.


Em 1 ano e 7 meses, eu vi muitas, muitas, clientes desistindo ... se martirizando, se culpando, se achando incapaz e ainda ficando com a autoestima no pé. Mas também tenho a chance de presenciar muitas outras, construindo um futuro promissor, outras que conseguiram sair de um emprego infeliz e até algumas sustentando uma casa inteira!




Meu curso vai te salvar?

NÃO.

Meu curso vai te carregar no colo?

NÃO.

Meu curso é milagroso?

NÃO.

Eu estou te vendendo meu curso agora?

NÃO. Meu curso SE VENDE SOZINHO, ATRAVÉS DOS DEPOIMENTOS DAS ALUNAS.


O que estou tentando fazer aqui, é te alertar para que você não seja mais uma a desistir de empreender e principalmente, desistir de você, simplesmente por achar que é fácil e que é o polymer clay que vende!

Repense a sua estratégia,

NÃO É SOBRE O PRODUTO, É SOBRE VENDER.


beiju

Li





























71 visualizações4 comentários

4 Comments


Acabei de ganhar um tapa na cara! Por esses dias tenho pensado muito em desistir. Toda hora que vier esse pensamento, vou voltar aqui pra ler isso! Obrigada por tanto, Li!

Like

mais desaprendi olhando os vídeos da internet do que aprendi, achava que sabia kkk

Like

vish a realidade que ninguém gosta de enxergar! gostei muito profe

Like

só li verdades 😁

Like
bottom of page